(11) 4412-7291 (11) 99937-9519 vendas@crisagua.ind.br

FAQ

Água da Piscina verde, o que fazer?

Veja como limpar a sua piscina verde, fenômeno causado pela proliferação de algas, mas principalmente pelo PH abaixo de 4,7. Veja algumas dicas importantes.

Normalmente temos que limpar uma piscina verde quando seus donos não cobrem corretamente sua piscina (veja neste post os principais cuidados para evitar a água verde), e com isso a água apresenta uma certa proliferação de algas trazidas pelos ventos, chuvas e vegetação próximas às piscinas, porém a principal causa deste fenômeno é normalmente formada pelo PH abaixo de 4,7.

Vamos direto ao assunto: Veja como limpar a sua piscina verde!

Para tratar e eliminar algas apresentadas em piscinas com um tom muito esverdeado elaboramos um ótimo guia para desinfectar a água e deixar a piscina verde totalmente limpa.

Proceda conforme as 6 etapas abaixo:

1 – Ajuste a Alcalinidade entre 80 e 120 PPM

Faça a medição da alcalinidade da água com a “fita teste do produto” (caso tenha), e caso ela esteja abaixo de 80, ajuste-o entre 80 e 120 PPM. Esse é apenas o começo do tratamento de uma piscina verde.

Fita de teste de alcalinidade – Dicas para limpeza de piscinas

2 – Ajustar o PH entre 7,2 a 7,6

O pH (potencial de hidrogênio) é uma medida que verifica se a água está ácida (pH baixo), neutra (pH 7,0) ou alcalina (pH alto). Sua escala varia de 0,0 a 14,0. Em piscinas, o pH deve ser mantido entre 7,2 e 7,6. Normalmente quando a água está esverdeada, em quase 90% dos casos é por que PH esta muito baixo.

Ajuste do pH em uma piscina verde

3 – Aplicar a quantidade necessária de Algicida de choque, conforme instruções do fabricante do produto adquirido.

É extremamente recomendável esta aplicação em uma piscina verde com paredes e escadas escorregadias.

4 – Colocar a bomba e sistema de filtração em funcionamento, seguindo as informações do fabricante do Algicida.

Esses dois juntos são os principais responsáveis pela filtração das sujeiras que ficam suspensas na água da piscina, e sem eles a sua piscina com certeza se tornará um depósito de sujeira (e entrará para o famoso grupo da piscina verde).

Mantenha o filtro ligado pelo menos 6 horas por dia, e se possível instale um timer neste filtro para que ligue e desligue automaticamente, para garantir uma limpeza de piscina automática e diária.

Ótima dica para funcionamento da bomba

No dia seguinte, escovar as paredes da piscina e aplicar Floculante para decantação e recircule a água conforme indicado no produto.

5 – Após decantação, aspirar drenando toda a sujeira.

Uma parte importante, é como limpar a agua verde aspirando corretamente.

Uma parte importante para limpar corretamente a água verde da piscina é realizando a aspiração do fundo corretamente. Existem 2 maneiras de efetuar a aspiração:

Aspirar o fundo da piscina na posição “Filtrar” (Aspirar Filtrando). Essa operação deve ser realizada quando não houver muita sujeira depositada no fundo da piscina.
Aspirar o fundo da piscina na posição “Drenar” (Aspirar Drenando). Esse tipo de aspiração deve ser realizada quando houver grande quantidade de sujeira no fundo da piscina.
6 – Após aspiração, realizar a Cloração.

Antes de tudo se atente com os equipamentos de proteção necessários para este serviço como luvas, máscara e óculos de proteção.

Depois de ter ajustado corretamente o pH e a alcalinidade, aplique o cloro diluindo ele em um balde com água da própria piscina.

Após o produto estar bem dissolvido na água, espalhe o mesmo por toda a superfície da piscina.

Realize uma boa cloração em sua piscina

Realizando os procedimentos corretamente, com certeza terá uma piscina limpa, e não terá preocupações com a água esverdeada.

Observações: O tempo para limpar a água totalmente e torna-la cristalina vai depender das seguintes condições:

Nível de infestação de algas, tipo de alga, condições do equipamento da piscina (moto bomba, filtro e acessórios), qualidade dos produtos utilizados, perfeita realização das etapas.

Essas foram algumas dicas de como limpamos uma piscina verde.

ATENÇÃO

As dicas passadas por este artigo de como limpar sua piscina com aquele tom verde, são muito útil para qualquer pessoa que não consegue deixar a água cristalina!

Como Limpar uma piscina?

Siga algumas dicas e veja como limpar piscina de verdade.

Com certeza manter a agua de uma piscina limpa não é uma tarefa tão fácil quanto parece. Para que ela esteja sempre em boas condições de uso, é necessário tomar alguns cuidados! então siga as dicas de como limpar piscina.

Principais cuidados de como limpar piscina

Principais cuidados para manter a agua da piscina limpa

De 4 a 8 horas por dia, realizar a filtragem de acordo com instruções do fabricante do filtro e após os tratamentos, quando for o caso;
A cada 2 dias, faça o controle do Cloro adequadamente
2 vezes por semana realizar o controle do pH
Fazer a aspiração pelo menos 1 vez por semana
Limpeza da bordas 1 vez por semana
Retrolavagem do filtro 1 vez por semana
Esses são apenas alguns cuidados que se deve tomar, lembrando que é sempre bom ter um profissional para realizar essas tarefas, pois todas elas exigem uma certa técnica, mais nada que seja impossível.

É muito importante se preocupar com os pequenos detalhes também, pois o ideal é não deixar entrar muita sujeira dentro da agua da piscina, para que não tenha tanto trabalho na hora de realizar a limpeza.

Como limpar piscina?

Isso não é uma tarefa tão fácil de realizar, mais podemos evitar que a sujeira entre na agua tomando alguns cuidados, assim evitamos o trabalho de limpeza na agua.

Benefícios e cuidados básicos com uma “Cobertura de Piscina”

Coberturas presas na plataformas coberturas também mantem a agua na temperatura ideal para sua piscinaPrimeiramente, o ideal é providenciar uma cobertura caso ela não tenha ainda. Mantenha ela sempre coberta quando estiver fora de uso.

As coberturas são uma excelente ferramenta para quem tem crianças em casa, pois a maioria delas são presa nas bordas das piscinas evitando que ocorra algum tipo de acidente.
evita também as quedas com animais de estimação, caso tenha algum deles em sua casa.

Não permita que acumule sujeira na cobertura em quanto ela está fora da agua, assim na hora de cobrir, o risco de levar mais sujeira para a agua é menor.

Fica a dica

O importante é nuca abandonar sua piscina e manter os cuidados em dia, lembrando que um profissional é a melhor alternativa.

O que é cloro estabilizado e comum?

Cloro estabilizado e cloro comum

O estabilizado tem um significado importante porque, em reação com a água libera o composto desinfetante ácido hipocloroso, e também o ácido isocianúrico, um belo estabilizante, propriedade que não se encontra nos “cloros comuns”.

Veja porque é importante utilizar o Cloro Estabilizado

A agua da piscina clorada, dura aproximadamente 3 horas, depois disso, cerca de 90% de todo seu residual é perdido.

A presença do estabilizador (ácido isocianúrico ou tri-hidroxi-s-triazina) em uma agua exposta ao sol, pode ajudar diminuindo a perca dos resíduos causadas pela luz ultravioleta do sol em cerca de 70%.

É altamente recomendado que se utilize este estabilizador no início do tratamento da agua da piscina, e também utilize o mesmo diariamente.

Resultado do Estabilizador do Cloro

Além da segurança sanitária de manter a presença do produto na água o dia todo, utilizando dos tipos estabilizados, você gera uma grande economia com cloração, de corretivos para equilibrar o pH e a alcalinidade.

Água da piscina leitosa, esbranquiçada, opaca? O que fazer?

Uma piscina com água leitosa, água opaca ou esbranquiçada não é o que ninguém quer para o final de semana ou para as férias.

Esses sinais indicam que há algo errado com a piscina! Você sabe exatamente o que é?

Ao final deste texto esperamos que você já tenha em mente o que fazer para acabar com essa água opaca e leitosa e rever sua piscina linda e cristalina.

Vamos aprender de uma vez por todas as causas desse aspecto esbranquiçado da piscina e aprender também como evitar que a água assuma essa aparência de alta turbidez…

Possíveis causas da água da piscina leitosa, opaca ou esbranquiçada

Vejamos os principais fatores que podem ocasionar a alta turbidez da água e consequentemente esse aspecto branco:

Água da piscina leitosa, opaca ou esbranquiçadaAreia do filtro velha ou saturada.
A qualidade e quantidade da areia do filtro devem ser verificadas uma vez por ano.
Como não é fácil para identificar a qualidade da areia, sugiro que você nos consulte para verificação e possível troca.
Tempo de filtração insuficiente.
O tempo para filtração deve ser observado de acordo com o fabricante do filtro da piscina para evitar que a água da piscina fique leitosa ou esbranquiçada.
Alcalinidade e pH acima dos parâmetros recomendados.
Deve-se manter a alcalinidade entre 80 e 120 ppm e pH da piscina entre 7,2 a 7,8. (Veja aqui a importância de controlar o pH e aqui a importância do controle da alcalinidade da piscina)
Falta de cloro na piscina.
Verifique se o nível de cloro livre está entre 1 e 3 ppm.
Água da piscina leitosa, opaca ou esbranquiçadaFalta e/ou excesso de uso do clarificante.
O recomendável é utilizar 1,5 ml/m³ semanalmente.
Excesso de ácido cianúrico. (É muito raro, digamos que ocorre 1 vez em 10000 casos! Mas pode acontecer…)
Geralmente provocado devido a utilização de cloros estabilizados. Neste caso, interrompa imediatamente o tratamento com cloro estabilizado e passe a utilizar o hipoclorito de cálcio. Em casos extremos se faz necessário drenar aproximadamente 30% da água e repor com água tratada (APENAS EM CASOS EXTREMOS!). Depois de completar o nível da água da piscina, inicie um tratamento com de 4g /m³ de Hipoclorito Granulado.
É fácil perceber que são muitos os fatores que podem fazer com que sua piscina fique com a água opaca e leitosa.

Para não ter que se preocupar com problemas como este, conte sempre com uma empresa especializada em limpeza de piscinas para cuidar da sua!

A água da piscina leitosa, esbranquiçada ou opaca, é apenas um dos problemas com os quais estas empresas estão familiarizadas e geralmente sabem bem o que fazer para resolver!

A importância do controle do ph da piscina

Todo mundo que cuida de piscinas já ouviu falar de uma coisa que chama-se “ph”.

Vamos esclarecer ao longo desse artigo, o motivo pelo qual ele é tão falado e principalmente as características que fazem desta sigla um parâmetro tão importante no tratamento de piscinas.

O pH na verdade pode ser definido como a acidez de determinada substância.

Como tratamos de piscinas, o pH da piscina é na verdade a acidez da água da piscina.

Vamos lá, para você que nunca ouviu nem esta sigla, vamos começar do início…

O que é pH?

A sigla pH significa “Potencial Hidrogeniônico”.

Em outras palavras, é o poder de concentração de íons H+ em determinada substância, que no nosso caso será a água da piscina.

Resumindo, é a medição da quantidade de íons de Hidrogênio dispersos na água, o que na verdade, determina se a água está ácida, está neutra ou está alcalina (básica).

Qual a importância do pH da piscina?

O controle do pH da água da piscina, ou sua acidez, é primordial não só para a qualidade da água mas também para a durabilidade da piscina e de seus equipamentos como um todo.

Podemos citar vários motivos para se verificar e corrigir o pH da piscina.

Em primeiro lugar, os produtos químicos para tratamento da piscina caso sejam utilizados em uma piscina com água muito ácida, ou seja, pH menor que 7, vão apresentar resultados ineficientes, pois eles são feitos para serem usados em água com pH entre 7.2 e 7.6, ou seja, levemente alcalina.
Caso o pH esteja baixo, os banhistas sofrerão com irritações nos olhos, pele e mucosas e as partes metálicas dos equipamentos da piscina serão danificados devido ao processo de corrosão da água.
Caso a água esteja muito alcalina (básica), os produtos de desinfecção da água terão sua eficácia diretamente comprometida, a água da piscina se tornará turva facilmente e inicia-se, ao invés de processos de corrosão, processos de formação de calcário nas tubulações e equipamentos.
Como se não bastasse os usuários da piscina também irão sofrer irritações nos olhos, pele e mucosas.

O pH ideal é 7.2! É um valor próximo ao pH da lágrima de nossos olhos, justamente para não irritar a vista dos banhistas.

Como alterar o pH da piscina? Aprenda a corrigir o pH da sua piscina!

Hoje qualquer loja de piscinas tem os produtos necessários para medir e corrigir o pH da água de piscinas.

Para medição usa-se estojos de teste que geralmente vêm com uma parte medidora de Cloro disponível e outra parte medidora de “pH”.

Medir o pH da piscinaSeguindo as instruções do estojo de teste você fará a medição e caso a água esteja ácida você irá adicionar pH+, que normalmente tem como principal ingrediente o “Carbonato de Sódio”, um pó branco que tem como finalidade aumentar o pH da água fornecendo “Íons Carbonato”.

Caso a água esteja alcalina iremos adicionar um “diminuidor de pH” que na maioria das vezes tem como ingrediente principal o “Ácido Muriático” que diminui o pH da água fornecendo “Íons H+”.

É interessante manter o pH da água sempre no nível correto para assegurar uma boa durabilidade da piscina como um todo e também a segurança dos banhistas.

MAS ATENÇÃO: Se o pH de sua piscina está variando demais, é sinal de que a alcalinidade está desregulada!

Confira nosso texto sobre a importância do controle da alcalinidade da piscina para saber como regular corretamente a alcalinidade da água da piscina e não ter mais problemas com excesso de alterações no pH!

Cris Água

Produtos para piscinas
Limpeza pesada

grama sintética

ATENDEMOS TODO BRASIL

HONESTIDADE, QUALIDADE E ATENDIMENTO PERSONALIZADO